Depois de muitas tentativas que não deram certo no passado – estamos olhando para você, Virtual Boy -, a tecnologia de realidade virtual finalmente chegou a um ponto de poder ser comercializada e reproduzida com sucesso.

A principal barreira para curtir esses óculos para jogos de realidade virtual com certeza é o seu preço, mas, se quer experimentar assistir um filme ou curtir um filme com a tecnologia, já existem algumas capitais no Brasil com locais que permitem alugar um dispositivo por algumas horas.

Se já experimentou, curtiu e quer um deles para você mas ainda não sabe qual a melhor opção, entendemos seu problema. Afinal de contas, já existem alguns acessórios “picaretas” que, apesar do preço mais baixo no mercado, só reproduzem algumas experiências simplórias. Por isso, veja abaixo as 8 melhores alternativas de óculos para jogos de realidade virtual!

1. HTC Vive Pro

Considerado um dos melhores acessórios para realidade virtual, o HTC Vive oferece uma experiência mais que satisfatória nos mais diversos usos da tecnologia. Isso significa que esse headset VR atenderá suas necessidades seja você um gamer, cinéfilo ou entusiasta de tecnologia e suas variadas aplicações.

Conjunto completo da experiência HTC Vive. Foto: reprodução

O headset traz duas telas em 1080p, oferecendo uma experiência realmente realista. Some a isso a capacidade de detectar movimentos feitos em uma espaço de 4,5 x 4,5m. Ou seja, você pode andar nesse espaço e o seu avatar também andará no jogo. Lembrando que, para movimentar-se para mais longe no jogo, você pode usar os controles analógicos.

A última e grande vantagem do HTC Vive para os gamers é a parceria de software com a poderosa Valve, da plataforma Steam. Isso torna a maioria dos jogos VR distribuídos pela Steam compatíveis com o HTC Vive.

Plataforma de jogos Steam tem uma categoria exclusiva para jogos de realidade virtual, e os games são compatíveis principalmente com os óculos HTC Vive, Oculus Rift e a tecnologia Windows Mixed Reality que torna compatível óculos de outras marcas.

Porém, isso não vem sem problemas. O acessório exige um alto investimento e, tirando os headphones, ele não vem com outros acessórios. Ou seja, terá que adquirir controles e sensores separadamente, aumentando o investimento necessário para aproveitá-lo por completo.

O HTC Vive precisa de um hardware robusto, além de um alto investimento para adquiri-lo. Quando escrevi este post, o Kit do Vive Pro estava custando em torno de R$ 7 mil!

2. Oculus Rift

Parte dessa impressionante guinada da tecnologia de realidade virtual aconteceu por causa do Oculus Rift. O headset foi revelado ao mundo através de uma campanha de financiamento coletivo no Kickstarter, batendo recordes da plataforma. Comprado pelo Facebook posteriormente, o Oculus Rift já está há alguns anos no mercado.

Imagem do Oculos Rift. Reprodução

Concorrendo diretamente com o HTC Vive, ele também pode ser usado para qualquer propósito. Sua vantagem é ser mais leve, algo importante considerando que ficará algumas horas com o headset acoplado ao rosto. O Oculus Rift também conta com uma ampla gama de apps e jogos disponíveis e custa mais barato que seu principal concorrente.

Porém, ele não oferece a possibilidade de se movimentar em seu entorno como faz o HTC Vive. Seus sensores são calibrados apenas para permitir que ande para frente ou para trás.

3. Oculus Go

Da mesma linha que o Oculus Rift, sua principal diferença com o headset da linha principal é que o Oculus Go não depende de um smartphone ou PC para funcionar. Ou seja, o headset é totalmente independente e, melhor que isso, é mais barato que as opções anteriores.

Imagem do Oculos Go. Foto: reprodução

Além disso, o Oculus Go também traz um biblioteca satisfatória de aplicativos e jogos e sua performance é bem próxima do que os acessórios para realidade virtual dependentes de hardware externo. Por outro lado, o custo disso é um equipamento mais pesado, causando cansaço de maneira mais rápida. Sua independência também tem outro custo, já que o armazenamento fica limitado à 32 GB ou 64 GB, os dois modelos disponíveis do Oculus Go.

4. Pansonite 3D VR Glasses

Mesmo que esteja procurando uma experiência melhor do que os acessórios para realidade virtual de baixo custo mas não pode investir tanto assim, o Pansonite 3D VR Glasses é um meio termo. Mais barato que os mencionados até aqui, esse headset pode ser usado no Android ou no iPhone.

Pansonite 3D VR Headset Virtual Reality Glasses. Imagem: reprodução

A principal vantagem dele é contar com fones de ouvido integrados. Além disso, ele funciona com a maioria dos aplicativos desenvolvidos para o Google Cardboard, o acessório VR de baixo custo da Google. O Pansonite 3D VR Glasses também é um dos poucos acessórios a ser compatível com apps de realidade aumentada.

5. Playstation VR

Um dos melhores acessórios para realidade virtual é dedicado apenas aos usuários do Playstation 4. Apesar da necessidade de ter o console da Sony para que possa ser adquirido – o que resulta em um grande investimento, sem contar os jogos pagos -, ele é considerado o melhor para games.

Pacote de realidade virtual exclusivo para PS4. Imagem: reprodução

Por outro lado, se for somar o investimento de um PS4 com PS VR e um PC poderoso para suportar o HTC Vive ou Oculus Rift, acaba que o combo do Playstation se torna uma opção menos custosa. Vale contar também a extensa biblioteca de games dedicados que pode jogar no Playstation VR, o que o torna essencial para quem tem os jogos como prioridade.

6. Samsung Gear VR

É considerado a solução definitiva quando falamos em acessórios para realidade virtual nos smartphones. O Samsung Gear VR – que normalmente podem ser adquiridos junto aos aparelhos da linha S no lançamento – também possui uma das maiores bibliotecas de apps e jogos disponíveis.

Imagem do Samsung Gear VR. Reprodução

Na edição mais recente do dispositivo, um controle foi incluso no pacote, o que torna a experiência de jogar pelo Gear VR mais fácil e aprofundada. Porém, sofre dos mesmos problemas de qualquer acessório acoplados com o celular: depende da bateria do smartphone para funcionar.

7. Google DayDream View

Assim como o dispositivo da Pansonite, o Google DayDream View é uma solução intermediária entre os acessórios para realidade virtual. Ele traz uma biblioteca de apps própria, mesclada com a do Google Cardboard.

Imagem do dispositivo Google Daydream View

Entre os acessórios incluídos, o DayDream traz uma espécie de controle remoto, que usa para navegar pela interface do sistema operacional do dispositivo. Assim como o Oculus Go, o DayDream View também não precisa de um PC ou smartphone para funcionar.

Qual dos óculos para jogos de realidade virtual está na sua mira?

Agora que mostramos algumas das melhores opções, chegou a sua vez de escolher: qual desses dispositivos mais desperta seu interesse? Comente e defenda o seu favorito nos comentários!

Leia também:

Assinar
Notificação
48 Comentários
novos
antigos mais votados
Inline Feedbacks
Ver todos os comentários
PegaDesconto
Left Menu Icon