A manutenção e limpeza do ar-condicionado é um assunto que precisa estar em pauta periodicamente e não apenas no período do verão. Quem tem esse aparelho no ambiente de trabalho ou em casa conta com conforto e bem-estar. No entanto, a boa qualidade do ar e a vida útil do equipamento dependem de boas práticas.

Com certeza você já deve ter ouvido falar que é importante limpar o filtro do ar-condicionado, mas talvez ainda não saiba os reais motivos que ressaltam essa necessidade. A eficácia do aparelho não é a única vantagem envolvida, pois também há ganhos com economia de energia, uma vez que o equipamento não precisará fazer mais esforço para desempenhar sua função.

Ainda tem dúvidas sobre a importância da limpeza periódica e da manutenção preventiva do ar-condicionado? Continue lendo este artigo, porque vou tentar esclarecer tudo a respeito do assunto.

Por que a manutenção e limpeza do ar-condicionado são importantes?

Não há dúvidas de que o ar-condicionado passou a ser um item popular em diversas residências, escritórios e estabelecimentos no Brasil, que é o típico país com clima quente.

Mais acessível com o passar do tempo e mais demandando nos períodos do verão, o ar-condicionado funciona de maneira bem simples: captando o ar externo, refrigerando-o e substituindo o ar quente do ambiente pelo resfriado.

Nesse processo, o uso do aparelho — independentemente da constância — e a exposição ao ambiente acabam exigindo um cuidado especial. A começar pelo filtro, uma vez que ele acumula resíduos, principalmente poeira e pelos de animais, capazes de obstruir a saída de ar.

Por isso, é importante que a manutenção e limpeza do ar-condicionado seja feita periodicamente. São diversas as vantagens adquiridas com essa prática. Entre elas estão:

  • não acúmulo de ácaros, bactérias e fungos no aparelho;
  • prevenção contra vazamentos;
  • inibição do mau cheiro;
  • redução dos gastos com de energia elétrica;
  • redução dos ruídos;
  • prevenção de problemas de saúde aos usuários;
  • manutenção da capacidade de gelar o ambiente;
  • prevenção contra o congelamento das peças;
  • impedimento das falhas nas bobinas e compressores;
  • prevenção contra o enferrujamento e corrosão das peças, aumentando a vida útil do aparelho;
  • obstrução e entupimento das turbinas, filtros, serpentinas e canos.

Qual o melhor período para a manutenção e limpeza do ar-condicionado?

Agora que você já sabe por que é importante manter esse equipamento limpo, vamos abordar o período em que esse cuidado especial precisa entrar em foco. Afinal, há muita dúvida acerca desse assunto.

Quem deseja assegurar a qualidade do ar precisa efetuar fazer a limpeza completa semestralmente. Vale dizer que, esse período não muda de acordo com a constância do uso. Afinal, mesmo quando o aparelho está de desligado, a poeira carregada de fungos, bactérias, ácaros e outras impurezas costuma se acumular nas partes interiores.

Muitas pessoas deixam o ar-condicionado de lado durante muito tempo nas estações mais frias. Com isso, acham que a limpeza interna e manutenção são desnecessárias. Isso é um engano perigoso, pois pode trazer doenças respiratórias por meio de bactérias.

Como você deve ter visto na lista de vantagens, muitas delas vão além da limpeza do filtro e estão mais relacionadas a uma limpeza mais profunda. Esse tipo de manutenção é o que garante o funcionamento pleno das máquinas.

Isso porque a higienização completa é acompanhada por testes de funcionamento, verificação de peças soltas ou danificadas, mapeamento de possíveis falhas e outras ações que só podem ser desenvolvidas por profissionais.

Já vamos falar mais sobre a limpeza da parte interna, mas antes disso, que tal dar uma olhada em dicas do que você pode fazer para conservar a parte externa? Fique de olho nos conselhos a seguir.

Limpe o filtro do ar condicionado periodicamente!

Existe uma parte da manutenção e limpeza do ar-condicionado que você mesmo PODE e DEVE fazer, pelo menos a cada 2 meses. Além da limpeza da carcaça da máquina, você pode se responsabilizar pela higiene do filtro. Com poucos passos, é possível garantir a melhora da qualidade do ar que se respira, fugindo de bactérias que provocam reações alérgicas em pessoas mais sensíveis.

A limpeza do filtro frontal pode ser executada por qualquer pessoa!

O ideal é que a limpeza do filtro seja feita de dois em dois meses, no mínimo. Caso o ambiente seja muito empoeirado, esse cuidado deve ser feito toda semana. Acompanhe as instruções sobre como limpar o filtro do ar condicionado você mesmo, de forma rápida e eficaz:

1) Desligue o aparelho da tomada! Se o seu ar não estiver conectado diretamente a uma tomada acessível, desligue o disjuntor que o alimenta. Essa é uma parte muito importante que a maioria das pessoas esquece, e evita o risco de possível choques elétricos;

2) Destaque o painel frontal e higienize com um pano seco. Se ele estiver muito sujo, você pode fazer a limpeza com água morna (abaixo de 48º C) umedecendo o mesmo pano, ou ainda utilizando um limpador de uso geral popularmente conhecido como “espuma mágica”, que custa menos de R$ 20.

Exemplo de marca de espuma de limpeza, da PROAUTO, custa R$ 15,90 no site LojadoMecanico. Imagem: reprodução/LojadoMecânico

Essa espuma é facilmente encontrada na maioria dos supermercados ou lojas online, e existem pelo menos 2 marcas que já vi, mas a qualidade e a composição são as mesmas.

Importante: jamais utilize álcool em qualquer parte do seu ar condicionado para limpeza, assim como nunca deve fazer com qualquer outro equipamento que utiliza eletricidade, pois ele pode incendiar facilmente.

3) Retire o filtro do aparelho e o higienize também com água morna e detergente neutro utilizando uma esponja para esfregar a grade do filtro até eliminar todas as partículas de sujeira.

Tenha o cuidado de jogar a água no sentido contrário de onde o ar entra. Nada de utilizar produtos químicos muito fortes, aspirador de pó ou outras ferramentas para escovar o filtro. Você poderá achar que está ajudando enquanto apenas danificará a sua máquina ou vai causar um odor insuportável quando ligar o aparelho.

O único produto químico que você pode usar se quiser se sentir “mais seguro” de que eliminou todos os fungos e bactérias, é o Lysoform Spray, da marca Bom Bril ou similares que encontrar com composição química semelhante.

O Lysoform é um bactericida potente que mata germes, fungos e bactérias, então é ideal para aplicar na telinha do filtro do seu ar condicionado.

Exemplo de valor de mercado do desinfetante spray Lysoform que serve para limpar o ar condicionado. Imagem: reprodução/site da Drogaria Araújo.

Como mostrei na imagem acima, o Lysoform custa em torno de R$ 36 e pode ser encontrado nos principais mercados e algumas lojas virtuais também.

Aplique o Lysoform na telinha do filtro do ar condicionado somente depois de retirar a sujeira visível lavando ela com água e detergente ou sabão neutro. Então, aplique o bactericida e deixe-o agir por uns 10 minutos, em seguida, lave o filtro novamente em água corrente para retirar o excesso de Lysoform.

Caso opte por utilizar o Lysoform, recomendo ainda que compre a versão “sem perfume”, pois as variações perfumadas desse produto produzem um cheiro bem forte que pode ser insuportável para algumas pessoas em ambientes fechados;

4) Com a limpeza terminada, deixe o filtro secar naturalmente — você pode bater nele com cuidado para retirar o excesso de água;

5) Recoloque o filtro na máquina e feche o painel. Ligue-o novamente na energia.

Dica: caso seu ar condicionado possua alguma função de secagem (normalmente identificada como “dry” no controle ou nos modos de operação), ative-a e deixe funcionando no máximo de ventilação e mínimo de temperatura por uns 10 minutos.

Exemplo de botão “dry” em controle remoto de ar condicionado. Imagem: reprodução/LG

Como fazer a limpeza das partes internas?

Agora que já falamos sobre a limpeza mais fácil, vamos finalizar lembrando do mecanismo interno. Essa iniciativa conhecida como manutenção preventiva deve ser feita somente por técnicos especializados no assunto. Afinal, você realmente saberá como dar conta da higienização dos trocadores de calor?

Pelo menos uma vez no ano, procure profissionais da área para garantir a limpeza preventiva. Ela pode ser realizada no próprio local onde o aparelho está instalado, com a remoção da parte frontal.

Limpeza profissional de ar condicionado split. Imagem: reprodução/internet.

O técnico deverá se responsabilizar pela remoção de toda a sujeira mais profunda que costuma ficar incrustada na evaporadora, turbina e filtros. As peças que precisam constar no checklist técnico são:

  • bandeja;
  • serpentina;
  • parte frontal;
  • rotor ventilador;
  • trocadores de calor;
  • cano de dreno.

O ideal é que sejam utilizados apenas equipamentos específicos e produtos biodegradáveis, próprios para climatizador. Além disso, a empresa contratada precisa aplicar um bactericida eficiente no prolongamento dos efeitos da limpeza.

Entre as empresas mais famosas nesse tipo de serviço estão a Doctor FrioDoutor Clima e Dr Lava Tudo (tem cupom de desconto aqui no site!). Você poderá entrar em contato com elas e solicitar um orçamento sem compromisso, de acordo com a sua necessidade.

Ainda tem algumas lojas que vendem aparelhos de ar condicionado e também oferecem o serviço de limpeza, manutenção e até instalação, são elas: Leveros e CentralAr.

Gostou de saber mais sobre a manutenção e limpeza do ar-condicionado? Então agora espalhe este artigo para os seus amigos nas redes sociais!

Leia também:

Assinar
Notificação
31 Comentários
novos
antigos mais votados
Inline Feedbacks
Ver todos os comentários
PegaDesconto
Left Menu Icon