Blog

5 mitos e 5 verdades sobre sex shops

O objetivo deste artigo é desmistificar a imagem do sex shop como algo “imoral” ou apenas para pessoas “pervertidas” apresentando 5 mitos e verdades sobre sex shop.


Os mitos e verdades sobre sex shop costumam alimentar as dúvidas e aguçar o interesse de muita gente em relação a esse ramo que atrai a cada dia mais consumidores e curiosos.

São pessoas que estão deixando a vergonha de lado e descobrindo inúmeras possibilidades que os produtos eróticos podem proporcionar não apenas para si, como também para o seu parceiro.

Homem e mulher se abraçando. Foto: reprodução/internet.

Se você também quer saber mais a respeito, mas ainda tem muitas questões a respeito do assunto, não se preocupe: reunimos alguns aspectos frequentemente associados às sex shops e esclarecemos eles para você. Acompanhe!

5 mitos sobre sex shops

1. Sex shop é apenas para pessoas insatisfeitas sexualmente

O primeiro tópico dos mitos e verdades sobre sex shop é justamente a errônea crença de que elas são apenas para pessoas insatisfeitas sexualmente. Além de ser um pensamento que não condiz com a realidade, essa ideia só corrobora para inibir as pessoas de ter novas experiências e descobrir a própria sexualidade.

Por isso, lembre-se: tanto pessoas sexualmente ativas e satisfeitas quanto aquelas que estão descontentes com algum aspecto da vida sexual podem procurar por um complemento erótico.

2. Somente pervertidos vão às sex shops

Outro mito que você provavelmente já ouviu é o de que apenas pervertidos e pessoas com algum suposto distúrbio sexual vão às sex shops. Porém, como já é de se esperar, esse é um conceito sem fundamento.

A sexualidade faz parte da natureza do ser humano e não pode ser vista como um aspecto ruim ou pejorativo. Ter curiosidade por estabelecimentos do ramo, querer experimentar produtos eróticos e adquirir novos conhecimentos sobre o assunto é completamente normal — e, principalmente, saudável.

3. Apenas mulheres usam produtos eróticos

Não se deixe enganar por suposições que afirmam que apenas um gênero consome produto erótico. Isso porque, embora as mulheres ainda sejam a maioria na clientela de sex shops, os números estão sempre em constante mudança.

Para se ter ideia, segundo levantamento da ABEME, a Associação Brasileira das Empresas do Mercado Erótico e Sensual, 29% das compras em lojas físicas são realizadas pelo público masculino, enquanto nas compras online esse número cresce para quase metade da clientela: 45%.

4. Sex shop só vende vibrador

Outra ideia bastante frequente (e errada na mesma proporção das anteriores) é a de que sex shops só vendem vibradores. Por isso, pare um pouco e pense sobre esse mercado. Você acha que ele se limitaria a apenas um produto em vez de apostar em constantes novidades que prometem revolucionar e apimentar a relação?

Se você disse “não”, está certo. Nas lojas, é possível encontrar lubrificantes, fantasias, preservativos diferenciados, géis, cosméticos, lingeries e muito mais.

5. Produtos eróticos provocam modificações físicas

Esse último mito, alimentado pelo medo do desconhecido, faz com que muita gente acabe deixando de lado a oportunidade de utilizar algum item específico, como plugs e dildos, por temerem que eles provoquem alterações físicas nos órgãos sexuais.

Contudo, não há risco algum, visto que eles são formulados justamente com essa finalidade — muitos, inclusive, sendo desenvolvidos em diversos tamanhos e espessuras para proporcionar o máximo de conforto durante o uso.

5 verdades sobre sex shops

1. A primeira vez é mais embaraçosa

Sim, a sua primeira vez certamente será a mais embaraçosa. Isso porque a loja é como um “novo território” a ser descoberto e isso, naturalmente, desperta mais curiosidade, ansiedade e nervosismo — especialmente pelo medo de ser julgado por conta do que procura, tanto pelos vendedores quanto por outros clientes.

Mas não se preocupe: as próximas vezes serão muito mais tranquilas. Afinal, você vai estar familiarizado com o ambiente, já conhecerá o funcionamento local e saberá que o atendimento na sex shop é tão profissional quanto o de qualquer outro tipo de estabelecimento.

2. Não há limite de faixa etária

A sex shop não é destinada à uma faixa etária exclusiva, como a de 20 a 30 anos. Na realidade, ele pode ser frequentado por todo e qualquer consumidor acima de 18 anos. Esse é o único limite relacionado a idade.

Por isso, não se surpreenda: você verá pessoas de todas as faixas e gêneros dentro de uma loja. Cada uma, é claro, à procura daquilo que lhe satisfaça, seja individualmente ou com o companheiro.

3. O consumo erótico ajuda você a entender seu corpo

Os produtos eróticos vendidos nas sex shops podem ser grandes aliados na descoberta da própria sexualidade. O motivo disso é que devido à variedade de itens disponíveis no mercado, é possível estimular diferentes partes do corpo e compreender quais são suas zonas erógenas.

A partir disso, você passa a compreender melhor suas reações fisiológicas e o que, de fato, lhe agrada. Ou seja, você estimula sua libido e melhora sua vida sexual.

4. Os produtos eróticos aumentam a intimidade do casal

Quando o casal decide de comum acordo experimentar novas possibilidades, entre elas o uso de algum produto erótico, essa oportunidade se torna extremamente benéfica para a construção da parceria, intimidade e renovação da sexualidade a dois.

Isto é, ambos desfrutam de uma dinamicidade capaz de tirar o relacionamento da rotina, ampliar o desejo e até mesmo realizar fantasias que um ou outro tenham, mas nunca tiveram capacidade de verbalizar.

5. O consumo nas sex shops cresce a cada ano

Por fim, não há como negar: as sex shops têm testemunhado um consumo crescente e cada vez mais exigente em busca de produtos diferenciados que atendam às necessidades individuais de cada pessoa e que possuam preços mais diversificados.

Segundo o levantamento da ABEME que mencionamos há pouco, o crescimento anual é de 8,5% e já são mais de 11 estabelecimentos em todo o país. Ou seja, a cada dia mais brasileiros estão descobrindo as sex shops e desfrutando dos benefícios que elas podem proporcionar.

Como você leu, a imagem desse tipo de comércio crescente no país muitas vezes está atrelada a mitos e verdades sobre sex shop. Por isso é tão importante desmistificar o assunto e conhecer mais a respeito, não é mesmo? Por isso, aproveite o tema deste post e confira os nossos cupons de desconto da Loja do Prazer!


Atualizado em 01-09-2017 T 5:53:10+00:00.
Moisés

Autor: Moisés B.

Administração do PegaDesconto

Comente e avalie este post:
Carregando...

Comente...

Notificação
Carlos eduardo
Nível 7

Que legal é só usar a imaginação muito bom

Luanabrecht
Nível 2

“Segundo o levantamento da ABEME que mencionamos há pouco, o crescimento anual é de 8,5% e já são mais de 11 estabelecimentos em todo o país. Ou seja, a cada dia mais brasileiros estão descobrindo as sex shops e desfrutando dos benefícios que elas podem proporcionar.”

Luigi
Nível 7

É legal de se ver que tem gente que se importa em quebrar tabus da contemporaneidade, pois muitas pessoas tem preconceito com relação as outras que tem produtos eróticos.

ReveL
Nível 1

sim tem q dalhe pra nao tomalhe

Edilene
Nível 7

como posso ganhar pontos? pois meu forúm não abre, ja mandei varias msgs e não respondem, ppp dificilmente vem, blogs raramentes são escritos, ninguem clica nas coisas que compartilho, os administradores vivem me visitando pensando q sou fake porque sou to ganhando os 35 semanais, muito chateada :(

wpDiscuz

Toque para entrar ou cadastrar

Assine Gratuitamente!

Permita receber gratuitamente no seu e-mail (de 1 a 3x por semana) códigos de cupons de desconto para economizar em compras online e ainda ganhe recompensas e concorra a prêmios de sorteios mensais! 

Nunca compartilhamos seus dados com terceiros. Você pode pedir para remover seu e-mail da base a qualquer momento.

Acesse a caixa de entrada do seu e-mail e CONFIRME sua assinatura gratuita!

Quase pronto...

Compartilhar desconto com um amigo