A pergunta que não quer calar em 2020 é: sai mais barato montar um PC gamer ou comprar console da nova geração? Revelados na E3 2019 e com data de lançamento marcada para chegar ao mercado em menos de três meses, nenhuma das rivais disseram ao público o quanto seus novos consoles irão custar.

De outro lado, fãs de PC gaming já estão levantando a bandeira de jogar no computador, ainda mais com a revelação do novo conjunto de placas de vídeo da Nvidia, que aparentemente já tornarão a nova geração de consoles obsoleta. Claro que as placas não sairão barato, ainda mais no cenário de incertezas que estamos vivendo atualmente.

Considerando isso, vamos falar sobre qual parece a melhor solução para quem quer – e pode! – fazer o salto para a próxima geração logo em seu lançamento. Porém, é importante lembrar que, sem o valor revelado, o que falaremos abaixo pode ser considerado especulação, considerando todas as informações que temos até o fechamento dessa matéria no dia 08/09/2020.

Com esses avisos, descubra abaixo se vale mais a pena montar um PC game ou comprar um console da próxima geração!

Quanto o Xbox Series X ou o PlayStation 5 irão custar?

Arte conceitual PS5 e Xbox Series X. Fonte: imagens públicas da internet.

Como mencionamos acima, nenhuma das rivais avisaram ao seu público quanto o Xbox Series X ou o PlayStation 5 custarão. Para começarmos, vamos usar como comparativo o preço de lançamento do Xbox One e do PlayStation 4. O console da Microsoft chegou ao mercado em 2013 por 499 dólares, enquanto o rival da Sony chegou por 399.

Vale considerar aqui a diferença de/preço naquela época: o Xbox One foi lançado junto ao Kinect de maneira obrigatória, o que tornou o console mais caro em sua chegada. Algum tempo depois, uma versão sem o Kinect chegou ao mercado custando o mesmo que o PlayStation 4.

Saltando para a próxima geração, estima-se que ambos os consoles também custarão 499 dólares, um aumento de 100 dólares em relação ao que vimos na geração passada.

Como isso vai afetar o preço aqui no Brasil? A resposta é simples: a cotação do dólar!

Claro que não basta converter o preço em dólares e esperar que o videogame seja lançado em um valor igual ao que os americanos pagarão. Ainda assim, fazer essa conversão nos dá um ponto de partida.

Considerando a cotação do dia 04/09/2020 de aproximadamente R$ 5,30, o Xbox Series X e o PlayStation 5 chegariam ao nosso mercado por R$ 2.645,58. O que já é um valor bem acima do preço total da geração passada. Para se ter noção, o Xbox One chegou ao mercado brasileiro – inclusive a edição com o Kinect! – por cerca de R$ 2.200.

Agora, vale aqui os cálculos de impostos – tanto brasileiros quanto os americanos, pagos pelo lojista -, taxas de frete, manutenção do lojista e também sua margem de lucro. Apenas os impostos representam um acréscimo de 16,38%, totalizando cerca de R$ 3.079,99. As outras taxas, no entanto, variam consideravelmente, sendo impossível fixar um percentual.

Considerando tudo isso, podemos estimar que os consoles serão lançados custando cerca de R$ 4.499,99 e R$ 5.499,99. Confira o vídeo abaixo para entender um pouco mais sobre o cálculo de preços da nova geração de consoles.

Xbox Series S: como ele influenciará nessa escolha?

O Xbox Series X não será o único modelo da próxima geração. Ao que tudo indica, a Microsoft trabalhará com diferentes modelos para videogames da próxima geração.

Após um vazamento da caixa do controle do Xbox Series X, foi mostrado que ele também será compatível com o Xbox Series S, que até então não havia sido confirmado pela marca.

Apesar de pertencer a próxima geração, esse modelo não será mais poderoso. Pelo contrário, ele será uma aposta para melhorar a acessibilidade do público aos games que chegarão a seguir.

Isso também significa uma diminuição do preço total, pelo menos nos Estados Unidos. É normal ver que edições “reduzidas” custem cerca de $100 a menos que as edições principais.

O problema é: dificilmente essa diferença no valor chega a nós, brasileiros. Embora de fato o preço seja menor, normalmente eles ficam muito próximos das versões originais, o que faz com que seja melhor simplesmente comprar o mais caro.

Para isso, vamos usar os preços dos consoles da Nintendo antes da pandemia para essa comparação. Em 2019, o Nintendo Switch original custava cerca de R$ 1.600 a R$ 2.000.

Já o Nintendo Switch Lite, versão sem o dock para jogar na televisão e com controles já embutidos – sem os joy-con -, servindo apenas de portátil, custava nas lojas brasileiras…cerca de R$ 1.400,00!

Ok, nos EUA a diferença era de apenas 100 dólares, enquanto no Brasil era de R$ 200. Mas vale lembrar a cotação do dólar da época. No final de 2019, o dólar estava cotado no país a cerca de R$ 4,14. Se apenas a conversão do dólar contasse para a elaboração de preço, o Nintendo Switch Lite deveria custar cerca de R$ 1.200 para representar uma diferença real.

Atualmente os consoles possuem uma grande diferença de preço, porém, o próprio Nintendo Switch Lite está sendo vendido por R$ 2.500, quase o dobro do preço original.

Já o Switch estava a ser vendido por cerca de R$ 4.000, cenário que irá mudar com a chegada oficial do console no país no dia 18 de setembro, no qual ele passará a custar R$ 3.000. Quase o dobro do preço pré-pandemia. O Nintendo Switch Lite não será lançado oficialmente junto ao original, mas está nos planos. Ou seja, também podemos esperar uma queda no preço do portátil.

O que essa comparação significa? Que provavelmente o Xbox Series S não chegará com uma redução de preço significativa em relação ao Series X.

Quanto custa montar um PC gamer equiparável ao da próxima geração?

E o outro lado: será que dá para montar um PC gamer semelhante a um console da próxima geração mais barato? Ou será mais caro?

A verdade é que é pouco provável em um primeiro momento. Como alguém que está estudando montar um PC gamer para si, é notável o aumento no preço das peças depois da pandemia. O aumento no dólar e a produção mais baixa fizeram com que esses equipamentos também encarecessem consideravelmente.

Por outro lado, é possível montar um PC gamer equiparável ao da próxima geração por um valor aproximado ao do console.

Isso significa que, embora não tenha o mesmo poderio, será um PC provavelmente capaz de rodar games como The Medium e Godfall em qualidade alta, embora não a máxima. Veja abaixo um exemplo meu de PC gamer intermediário.

O preço certamente é o máximo do que previmos para os consoles da próxima geração, sem o mesmo poderio. Então isso significa que é melhor esperar o Xbox Series X ou o PlayStation 5?

Não necessariamente.

A principal diferença entre o console e o PC é a capacidade de upgrade. Quando você compra um console, você compra uma caixa fechada e impossível de melhorar com novas peças. Melhorias só chegam em edições especiais – como o PS4 Pro em relação ao PS4 -, que são lançadas cerca de 3 anos depois do original.

Já no PC é possível fazer melhorias imediatamente. Além disso, você pode vender sua peça antiga para inteirar em uma nova, por exemplo. Tome como exemplo a GTX 1660 da build que apresentei. Imagine que eu quero trocá-la pela RTX 2070 Super, um dos modelos top de linha da NVidia.

Considerando os preços atuais, eu poderia vendê-la usada por R$ 1.300, que são 500 reais a menos que o preço que paguei nela nova. Uma RTX 2070 Super custa atualmente cerca de R$ 4.000.

Ou seja, usando o dinheiro da venda da placa antiga, eu precisaria juntar R$ 2.700 para adicionar uma placa de vídeo que superaria a próxima geração em termos gráficos. Já uma nova edição do console pode custar ainda mais no lançamento do já pagou no modelo original da nova geração. Ou seja, gastaria mais de R$ 10.000 nos dois consoles, enquanto o PC com os upgrades ficaria por volta de R$ 7.500,00.

Por outro lado, é inegável que montar um PC gamer com o potencial de um PlayStation 5 hoje sairia mais caro, como mostrado nesse vídeo do canal Adrenaline.

Montar PC Gamer ou console da próxima geração

Antes de darmos o veredito, é importante considerar outro fator além do hardware: o preço dos jogos! Normalmente, jogos para PC costumam ser mais baratos que suas contrapartes para consoles. O lançamento Marvel’s Avengers, por exemplo, custa R$ 200 em sua versão de computador, enquanto no PS4 e no Xbox One o preço cobrado é de R$ 249,99.

Se levarmos apenas a questão financeira em conta, podemos dizer que sim, o melhor é montar um PC gamer e fazer upgrades periódicos, que podem fazer com que supere o hardware dos consoles. Por outro lado, é importante considerar o seu próprio perfil como jogador.

É jogador de sofá ou já está acostumado a passar horas jogando em frente ao PC? Qual desses é mais confortável para você?

Para acompanhar os preços de montar PC gamer ou saber a melhor hora para comprar consoles da próxima geração, fique de olho nos cupons que temos para a Kabum e a Terabyte Shop!

Leia também:

Assinar
Notificação
28 Comentários
novos
antigos mais votados
Inline Feedbacks
Ver todos os comentários
PegaDesconto
Left Menu Icon